2ª Mostra Sesc de Cinema – Teresina – 12 e 13/06/18

IMG-20180605-WA0029.jpg

A 2ª Mostra Sesc de Cinema será nos dias 12 e 13 de junho, na sala Torquato Neto. A Mostra tem o objetivo de promover a difusão da produção cinematográfica brasileira que não chega ao circuito comercial de exibição, a Mostra Sesc de Cinema pretende contribuir para o campo audiovisual sendo um espaço de lançamento e promoção de artistas de todo o país. Além da premiação com um contrato de licenciamento para exibição pública, a Mostra Sesc de Cinema certifica os destaques de melhor roteiro, filme, direção de fotografia, desenho de som, direção de arte, direção de elenco e montagem. Segue a baixo a programação da 2ª Mostra Sesc de Cinema.

Programação:

Dia 12 de junho, a partir das 18h30, abertura da Mostra.

Às 19h20 exibição

Aridez – Metal Muito Além do Fim do Mundo (2017)

Teresina / Piauí

Um lado de Teresina que uma maioria da cidade mal sabe que existe, um interesse numa forma de expressão artística que não tem nenhuma identificação com uma cultura local e garotos, que contra tudo e contra todos, quiseram tocar metal em Teresina, mesmo tendo a quase certeza do fracasso eminente em sua empreitada. Mas o que realmente foi, realmente foi algo que interessa a eles, por isso foram em frente, cada um ao seu modo, fazendo o que queriam e pesquisando o caminho da mesma forma. Aridez, o filme, conta um pouco da história das pessoas com objetivos prévios, precariedade e falta de perspectiva, para levar suas músicas às partes do mundo, os lugares que não são tão sonoros com as habilidades que esses artistas têm para escrever suas músicas.

Às 20h30, Coquetel de lançamento.

Dia 13 de junho, a partir das 17h30, exibição.

A linha ou infeliz estética do subdesenvolvimento (2016)

Piripiri / Piauí

O caminho do ser humano é árduo, muito se perde na tragetória. O subdesenvolvimento do ser em seus valores o afasta da humanidade, da empatia. Poesia visual causticante, um canto distante dos gritos marginalizados.
ESTADO DA ARTE [Adriano Abreu] ( 2017)

Teresina / Piauí

O diretor de teatro Adriano Teve que fazer um ensaio preliminar sobre o novo espetáculo para dar um depoimento a um grupo sobre o exercício da arte no Estado do Piauí. As reflexões e as impressões da vivência do artista local, com o objetivo de expressar as suas impressões sobre as coisas que transformam as emoções em outras pessoas, podem ser percebidas como suas palavras em cada membro da equipe de filmagem. Numa ou noutra intensity, nobody sai ileso. Ao mesmo tempo, o filme é desconstrói a estética do depoimento audiovisual para configurar-se um processo instigante do autor e o autorreflexivo impregnado pela essência do entrevistado, aqui e o diretor teatral Adriano Abreu.
Galeria RUA (2017)

Teresina / Piauí

O documentário Galeria RUA tentou compreender o sentido dos artistas urbanos ao expressar nas paredes e muros da cidade seus pensamentos, singularidades e empoderamentos. Qual é a mensagem real que está codificada nas pichações e grafites? Quem são essas pessoas e para fazer isso? Pichação é arte ou crime? O filme dá a voz aos mais populares autores de agora mostra os pontos de vista das duas sessões, suas diferenças e semelhanças, e como acontece uma comunicação na construção da rua como sua galeria a céu aberto.
Reação do Gueto (2017)

Teresina / Piauí

O documentário “reação do Gueto”, objetiva mostrar a realidade de artistas da periferia de Teresina que atuam em busca da conscientização de moradores de sua região através da arte e cultura urbana. Este documentário também se propõe a denúnciar problemas sociais que são perpetuados por um modelo de estado que não atinge os seus princípios e que não assegura as mínimas condições para ascensão social das vítimas das desigualdades sociais.

Lagoas do Norte, pra quem? (2017)

Teresina / Piauí

Por uma permanência dos terreiros de Umbanda e das Terras da Zona Norte de Teresina, as pessoas envolvidas com o movimento “Lagoas do Norte”, “contam com suas vivências e suas impressões sobre o projeto” e “vêm mudando para as famílias de famílias”.
PIXAÇÃO ” ECO E CAOS” (2017)

Teresina / Piauí

Vídeo em andamento – Projeto Bacharelado – habilitação no Jornalismo, na Universidade Federal do Piauí, primeiro semestre de 2017, sob orientação da Professora Denise Freitas de Deus Soares.
Rio Poti sob o olhar dos pescadores

Teresina / Piauí

O documentário traz uma realidade da vida dos pescadores, que depende do Rio Poti, e são obrigados a conviver com a poluição de um rio que recebe quase todo o esgoto da cidade de Teresina, capital do Piauí.
Roleta Russa em Transito (2017)

Barro Duro / Piauí

A ficha conta a estória de José (Taiguara Bruno), um cidadão teresense que obedeceu a um dia de posse do seu primeiro emprego, em outro município, distante 500 km de sua casa e devido a um problema com o seu próprio veiculo, precisa do sistema de transporte público. A trama se desenha dentro de uma van (trasnporte alternativo) destacando-se temas da realidade da cidade grande das brasileiras, como por exemplo: a questão da acessibilidade ao transporte público.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.