Como uma tatuagem, de Antonio Ferreira

Como uma tatuagem

tatuagem

Sinto em meu coração algo fixado

Algo que não sei explicar

Não sai jamais

Talvez eu esqueça dela lá

Mas para sempre está marcado

 

Como uma tatuagem, não pode ser removida

Pode até ser esquecida

Mas marcas que foram

Nunca mais deixarão de ser sentidas

Como um sentimento intransponível

Algo muito mais que sensível

 

Talvez não provoque mais dor

Quiçá não provoque mais ardor

Mas o que um dia foi fulgor

Jamais será apagada da vida

Uma marca que o coração carrega

Uma tatuagem que um sentimento revela

 

Apenas fica o lamento

De falta de sabedoria

Dos amantes que um dia

Ou numa era foram enlouquecidos

Por amor e paixão

Agora têm que vestir uma outra realidade

Para esconder algo tatuado em seu coração

Site Antonio Ferreira Prosa e Poesia

Foto: Pinterest

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s