A doce descoberta do amor, de Antonio Ferreira

A doce descoberta do amor

coração 

Na primavera a flor e o beija-flor

Assim se conectam duas vidas

Apaixonando-se com um objetivo

E gerando o primeiro amor

Assim é o começo do juvenil vigor

Da cabeça enlouquecida

Da falta de um sentido

Dos planos de vida com mais sensível fervor

Ah, o doce primeiro amor

Não é difícil ficar intrigado

Com a insensatez juvenil

Ver num adolescente um coração incrivelmente perturbado

Fazem de uma simples boa impressão

Ardor e emoção

Vida e sentimento

Da vida uma possível degradação

Acreditemos no juvenil coração

Olhá-los com muita leveza

Ajudando por dar-lhe muito ouvido

Cuidar deles com muita destreza

Para adquirir o livro clique  aqui.

Foto: Site Pra falar de amor

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s