Rascunho 4

Você gozava com as letras,
Com o meu pavor de borboletas,
E eu queria usar a sincronia do vento
Para tragar o seu cheiro
Ou me deleitar com o seu talento.
Você se desfazia dos meus versos
Se rebolando e desviando das minhas marras
Nem mil redes segura toda a revoada
Mas basta uma flor
Para atrair a nuvem enamorada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s